Outras personagens: Marta, Bruna, Chico, Pedro

Se em Caminho das Índias, era a personagem de Dira Paes que traía o marido, em Ti-ti-ti, ela vai levar o troco. Marta é uam mulher séria que namorou André (Alexandre Borges) acreditando que ele seria seu futuro marido. Só que um belo dia, apesar de usar suas habilidades de constureira para ajudá-lo, André a larga para se casar com uma jovem menina rica. A atriz, não podia estar mais feliz com a novela.

- Essa novela merece ser relembrada. Além disso, ter o Jorge Fernando é muito bom. Ele lê você. A personagem tem um contraponto muito maior que a Norminha. Ela tem três filhos e perde seu grande amor. Ela é uma mulher séria dentro da comédia da novela – contou.

gamGiula Gam está em Ti-ti-ti como Bruna. A personagem sofre com a  ausência do filho caçula e ainda precisa encarar a barra de se tratar de um câncer.

- A história da Bruna é peculiar. o marido dela é o dono da editora [GS, que publica a revista Moda Brasil na novela]. Ela está fragilizada se curando de um câncer e perde o filho. Esse filho era gay e ela não sabe. E acaba trazendo a personagem da Ísis Valverde para dentro de casa achando que o bebê que ela está esperando é o seu neto [na verdade, os dois personagens eram apenas amigos]. O outro filho dela e o marido sabem de toda a verdade, mas não contam para não acabar com a ilusão da Bruna – conta Giulia, que adianta uma reviravolta na trama – Depois ela acolhe o Julinho [personagemde André Arteche] achando que era o amigo do filho, mas, na veradde, era o namorado.

Rodrigo LopezSujeito simples, de uma ingenuidade quase infantil, desastrado e com o linguajar típico dos motoboys paulistanos, mas que depois de um banho de loja pode virar um galã de cinema. Só que de cinema mudo, pois se abrir a boca... Este é Chico, personagem que Rodrigo Lopez interpretará em Ti-ti-ti

“O Chico é todo bruto, machão, mas na verdade é uma criança. Eu ainda estou tentando conciliar essas duas coisas. Esse jeitão bronco de mano da Mooca com o lado infantil, ingênuo e aéreo”, explica Rodrigo.

Sempre por perto quando Ariclenes (Murilo Benício) está em cena, o ator compara os dois a uma dupla bem famosa da literatura. “Eles são quase Dom Quixote e Sancho Pança: um é sonhador e o outro fica alimentando o desejo do outro. Os dois são amigos de uma vida inteira e têm uma relação bem bacana”,adianta Rodrigo.

E se a sintonia dos personagens em cena depender dos atores, Rodrigo não tem dúvida que a química funcionará: “Não vai ser difícil. O Murilo é um doce e ótimo colega”.

Difícil mesmo vai ser conter o riso quando Chico estiver em cena. O ator, que tem um dom especial para comédia, explica que prefere não pensar que está fazendo um personagem cômico. “Eu adoro fazer comédia, mas não é fácil porque tem um tempo muito preciso. É quase como uma orquestra, se você não tiver exatidão, ela não funciona. Eu gosto muito, mas nunca penso que estou fazendo comédia, pra mim é sempre um drama”, diz ele.

O sotaque carregado do personagem também não é um problema para Rodrigo, que é paulista e sempre teve contato com o jeito de falar da capital. “São Paulo é muito grande e cada região tem um sotaque próprio. O Chico tem um sotaque bem da zona leste, meio de “mano” da Mooca. Eu tenho um tio e primos na Mooca, então já estou bem familiarizado.”

Na primeira versão de Ti-ti-ti, o motoboy amigo de Ariclenes foi interpretado por José de Abreu, mas Rodrigo, que era muito novo quando a novela foi ao ar, optou em não usar o que já foi feito como referência. “Depois que eu recebi o convite, procurei só por curiosidade alguns vídeos da primeira versão. Mas preferi não me contaminar muito para eu poder colocar a minha digital no personagem”, explica ele.

Rodrigo Lopez e Murilo Benício  Foto: Divulgação

A cor "rosa chiclete" ficou no passado para Marco Pigossi. Se em “Caras & bocas” era difícil definir a orientação sexual do afetado Cássio — que passou parte da trama com Lea (Maria Zilda Bethlem) e terminou com André (Ricardo Duque) —, em “Ti ti ti”, o ator paulistano promete ser o terror da mulherada.

— Agora, vou ser um predador. Era exatamente o que eu queria depois do Cássio. Pedro tem um quê de mau-caráter — comemora Marco, que será o filho mais velho de Jacques Leclair (Alexandre Borges) na trama que estreia segunda-feira.

Com roupas mais sóbrias e sem luzes no cabelo (marca de Cássio), Pedro tratará mal as mulheres com quem se envolver. A primeira vítima será a ingénua Gabriela (Carolina Oliveira).

— Pedro tem razões para ser cafajeste. Como perdeu a mãe ainda pequeno, ele trata o amor, as mulheres, como uma vingança — justifica o ator.

E, após sofrer assédio de mulheres ávidas para saber se ele “é ou não é?”, Marco, agora solteiro, aposta que a história será outra:

— Tudo que a mulherada gostava no Cássio vai odiar no Pedro. Estou doido para ser xingado na rua!

Se Cássio conhecesse Pedro, com certeza diria:
— Choquei!

publicado por Tititi às 12:46
link do post | favorito